As 5 tendências do e-commerce para você se preparar no último trimestre

Com o ano chegando na reta final, é hora de começar a observar o que de fato se concretizou no mundo dos e-commerces em 2017 e o que vai ficar para 2018. Checar se realmente passamos dos 59 bilhões de faturamento previstos para este ano e, a melhor parte, observar quais são as tendências do e-commerce que podemos aguardar para um futuro (talvez bem próximo).

Sim, já é possível prever algumas tendências que podem explodir em breve no cenário das lojas virtuais, e a fim de comprovar, separamos 5 para você conferir por aqui. Vamos lá!

  1. Aumento das vendas pelo celular

No meio de 2016, a Agência Brasil já divulgava uma pesquisa do IBGE que apontava os smartphones como os aparelhos favoritos dos brasileiros na hora de acessar a web. Ou seja: não é de hoje que ter um site responsivo deixou de ser mais do que uma obrigação para qualquer e-commerce que queira se manter no mercado.

Porém, ainda temos quase metade da população do país fora da internet, o que nos faz pensar que esse número de usuários mobile e de vendas por dispositivos móveis tende a aumentar em 2018.

  1. O poder dos microinfluenciadores

Contar com ajuda de influenciadores para impulsionar as vendas online não é nenhuma novidade. No entanto, segundo um relatório da AdWeek, o custo-benefício das campanhas feitas com microinfluenciadores — aqueles com algo em torno de 100 mil seguidores nas redes sociais — tem ficado cada vez melhor com o tempo.

Isso acontece por causa do seu custo de veiculação, que tende a ser mais enxuto do que aquele dos grandes Digital Influencers.

  1. Novembro como o melhor mês das vendas

Se não bastassem a Black Friday e a Cyber Monday (que juntas foram responsáveis por mais de 1,9 bilhões de reais em vendas no ano passado), o mês de novembro começa a trazer outra oportunidade para o e-commerce nacional: o Singles Day, ou o “Dia dos Solteiros”. Essa data teve início na China, em 1990, e servia como o oposto do dia dos namorados. Agora, porém, significa lucratividade, já que ela foi a responsável por alavancar mais de 14 bilhões de euros em vendas no ano passado.

Quer ficar de olho também nessa oportunidade? Então anote aí na agenda: o Singles Day acontece todo dia 11 de novembro.

  1. Aumento das buscas por voz

Nós já mostramos por aqui 8 grandes tendências de comportamento do consumidor que você precisa se adaptar, no entanto, além delas existe uma outra que cresceu bastante nos últimos tempos: a das buscas por meio de comandos de voz.

De acordo com o Google, hoje, pelo menos 20% das buscas realizadas na plataforma já acontecem por meio de comandos de voz. E aí mora uma boa oportunidade para os gestores de e-commerce, já que as buscas feitas por voz são realizadas em momentos e com termos diferentes daquelas feitas com ajuda dos teclados. Ou seja: é preciso entender como ranquear melhor para esse tipo de procura.

  1. As assinaturas e o modelo Premium

Lançado em 2005, o Amazon Prime — o serviço premium da Amazon — hoje é um sucesso, contando com mais de 66 milhões de usuários cadastrados e mostrando o poder dos programas premiums e das assinaturas, já que esse tipo de cliente, além de pagar mensalmente pelo uso, ainda costuma gastar mais na loja do que aquele não assinante.

Como você pôde ver, o que não faltam são tendências que ainda podemos ver surgir ou aumentar no mundo do e-commerce. Por isso, que tal apostar em algumas delas para o sucesso da sua marca?

Gostou do artigo? As dicas foram úteis para você? Então, compartilhe este post nas suas redes sociais e espalhe essas boas ideias por aí!

Fonte: Ciashop

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.